Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

5 dicas para você conseguir pacientes particulares

Tempo de leitura: 9 minutos

Depois de montar a clínica, pode surgir em você o desejo de abrir mão dos agendamentos por meio de convênios médicos e ter somente pacientes particulares. Ou ainda, você pode querer expandir os negócios e aumentar o número de atendimentos. Se encaixando em uma situação ou em outra, o fato é que você precisa de técnicas para alcançar esse objetivo que estabeleceu para sua carreira. O que é preciso fazer para que isso aconteça? É aqui que começa o desafio!

O marketing pode contribuir nessa jornada de atrair pacientes particulares com base em estratégias para aumentar o seu público. Por isso, você vai ler no texto abaixo 5 dicas que podem te ajudar nessa captação.

1 – Utilizar estratégias digitais 

Parece que você não está vivo se não estiver nas redes sociais, né? Isso é totalmente justificado pelos dados do IBGE de 2019 que revelam que 82,7% dos domicílios brasileiros têm acesso a internet, sendo o celular a forma mais utilizada para o acesso. Essa tecnologia torna mais fácil de lembrar de familiares que moram longe ou de amigos de infância. O mesmo acontece com o seu consultório. Ser ativo no mundo online faz com que os pacientes se lembrem de você, ainda que o tratamento já tenha finalizado.

O digital também serve para expor as suas habilidades enquanto médico e gestor ao disponibilizar um espaço que é carente no campo presencial.

Seria estranho se, durante a consulta, você informasse o seu paciente não só sobre o que ele está passando, mas também sobre vários outros assuntos da sua área de especialização. No entanto, produzir conteúdos diversos é cabível e até mesmo muito positivo nas redes sociais.

Essa exposição feita de forma constante mostra ao mundo sua ampla capacidade técnica e, consequentemente, eleva o seu grau de autoridade. Isso gera confiança para aqueles que te seguem, fazendo com que eles se sintam confortáveis em agendar uma consulta e seguir um tratamento elaborado por você.

Você pode definir alguns pontos para criar a sua estratégia:

  • Qual formato entre textos, áudios, vídeos ou imagens você mais gosta de usar para se comunicar
  • Em quais redes estão as pessoas que você atende ou busca atender
  • Qual formato mais fácil de disseminar o seu conteúdo
  • Tipo de linguagem que mais combina com você e com os seus pacientes
  • Quais os assuntos mais populares que você pode abordar
  • Qual a frequência das publicações

Você pode estar presente em todas as redes sociais, do Twitter ao Youtube. Mas a partir dessas definições, você vai entender o seu foco principal ao perceber qual rede funciona mais para as suas necessidades.

Criar uma boa estratégia para o mundo digital também permite que você faça captação de clientes particulares que estão longe do raio do seu atendimento físico, podendo utilizar a telemedicina nesses casos.

2 – Investir em campanhas de Google Ads

Se antes era necessário colocar o telefone e endereço da clínica na lista telefônica, hoje precisamos ser encontrados no Google e existe um instrumento para isso.

O Google Ads é uma ferramenta de publicidade que utiliza anúncios por meio de links patrocinados, vídeos no Youtube ou banners para aumentar a visibilidade do seu consultório médico. Dessa forma, quando alguém buscar por uma informação, seu site pode estar no topo da página.

Para isso você precisa ter algum portal que reúne todas as informações sobre o seu trabalho. Normalmente utilizam sites para cumprir esse papel. Na hora de criar a sua campanha, você vai precisar colocar onde quer que o anúncio apareça, quanto vai pagar pelo serviço e quais as informações da clínica.

Depois, vai precisar usar palavras-chave para que o seu portal apareça nas pesquisas do Google. Ou seja, você precisa pensar bem quais termos as pessoas costumam usar quando vão pesquisar sobre o assunto cujo você é especialista.

Nessa plataforma, você também pode definir uma página de destino. Para atrair pacientes particulares, é preferível direcionar a propaganda para chats ou formulários de contato. Assim fica mais fácil de demonstrarem interesse pelos seus serviços.

Um ponto importante desse processo é acompanhar os resultados para analisar o que continuar fazendo. O próprio Google Ads apresenta dados como taxa de clique, quantidade de visualizações por anúncio, índice de qualidade e retorno de investimento.

3 – Respeitar o manual de publicidade médica

É necessário entender o que é permitido ou não. Os médicos podem propagar conhecimento e serviços, mas precisam seguir alguns critérios do Manual elaborado pelo Conselho Federal de Medicina.

Não é permitido, por exemplo, publicar imagens de “antes e depois” a fim de divulgar técnica ou métodos, nem mesmo com autorização do paciente. Por outro lado, é permitido prestar informações, publicar artigos e conceder entrevistas com finalidades estritamente educativas.

Esse e demais pontos que estão presentes na resolução nº 1.974/2011 com atualizações da resolução nº 2.126/2015 servem de alerta para você não sofrer punições futuras.

4 – Se preocupar com a experiência do paciente

A parte técnica da medicina é essencial para qualquer atendimento. Sem ela, seu paciente pode ficar insatisfeito por não ter uma solução eficaz nos problemas de saúde ou nos simples acompanhamentos de rotina. Mas não para por aí. Hoje em dia, esse é um dos fatores que determina a permanência dos pacientes. Também é necessário pensar agora em qual experiência você vai oferecer às pessoas durante o atendimento. Para isso, você precisa:

  • Compreender quem é o seu público. Faça uma pesquisa com os pacientes da clínica para descobrir quais são os hábitos, a rotina e os principais problemas. Descobrindo a persona, fica mais fácil de entender o que é importante implantar.
  • Tornar a clínica acessível. Quanto mais fácil é para marcar uma consulta, menos chances de desistência de consulta, certo? Por isso é necessário utilizar mecanismos para agilizar os processos que giram em torno do momento médico e paciente. Os agendamentos online ajudam nesse momento porque dispensam a chamada telefônica e criam a possibilidade do paciente escolher qual o melhor momento do dia dele para fazer a marcação. Falamos mais sobre Consultório Online nesse artigo
  • Usar a tecnologia de forma estratégica. E se eu te disser que a robotização pode tornar sua clínica mais humana? Estranho, não? Mas se você deixar um software responsável por tarefas como prontuário eletrônico e prescrição digital, você ganha mais tempo na consulta. Isso ajuda na experiência de atendimento ao demonstrar que você está totalmente focado em escutar e analisar aquilo que o paciente traz. A Amplimed é especialista em inovação e pode te oferecer essas tecnologias para o seu consultório por meio do Certificado Digital do tipo A3 que integra o Prontuário Eletrônico do Paciente e permite assinatura de laudos, exames e prescrições em um só lugar.
  • Observar as avaliações dos pacientes. Você pode disponibilizar formulários para abrir a comunicação entre as duas pontas. Às vezes os pacientes observam pontos que você enquanto gestor da clínica ainda não tinha percebido. Dessa forma, fica mais fácil de entender o que pode ser lapidado.

Falamos nesse artigo sobre as demais melhorias que você pode fazer na sua clínica para garantir uma boa experiência aos seus pacientes

5 – Criar um programa de indicação

Você domina muito bem a sua especialidade, se preocupa com a imagem, com estratégias e também com as sensações do paciente durante o atendimento. Mas esse cuidado atinge somente quem você cativou até aqui. Agora imagina: como seria se essas pessoas que já fazem parte do seu dia a dia espalhassem todos os pontos positivos do consultório? Quantos pacientes particulares você alcançaria?

O marketing de boca a boca pode contribuir muito na captação de pacientes particulares, porque o peso da opinião de quem já passou em consulta acaba sendo mais forte do que uma simples pesquisa por profissionais. Nós, enquanto seres humanos, compartilhamos ideias e opiniões. Fazemos isso no trabalho, na conversa entre amigos ou até mesmo nas redes sociais. Se tornando assim uma forma de conexão ou de ajudar alguém. O mais interessante é que a sua clínica pode fazer parte desse processo.

Quantas vezes você ficou na dúvida na hora de escolher um profissional para realizar um serviço pra? Quantas vezes a indicação de uma pessoa que você confia serviu de desempate nessa decisão?

Programa de indicação é uma ferramenta em que uma pessoa, que já confia no seu trabalho, compartilha o que sente, a fim de gerar a mesma sensação em outras pessoas. Para esse método ser eficaz, é necessário retribuir a indicação com incentivos ou recompensas. Você pode estimular uma campanha com os pacientes atuais seguindo esses passos:

Criação: O primeiro passo é definir como o programa vai funcionar e quais tipos de recompensa você pode oferecer. Se você sabe o perfil dos seus pacientes na ponta da língua, vai saber identificar o que serve de motivação para indicar a clínica.

Divulgação: Você precisa comunicar que adotou um novo sistema de indicação. Campanhas em redes sociais são válidas nesse momento, sem contar o material visual que você pode espalhar na clínica também, como folhetos, vídeos, imagens e banners.

Monitoramento: É preciso ter um controle de quem indicou quem e também se os incentivos estão sendo realmente atrativos para seus pacientes. Formulários online podem ser utilizados nessa etapa.

Esse texto trouxe algumas dicas do que você pode fazer para atrair mais pacientes particulares. Mas sabemos que você está muito empenhado em descobrir novas formas de expandir os seus atendimentos, certo? Por isso a Amplimed criou para você o Ebook de Marketing Médico! Basta preencher o formulário abaixo para ter acesso a muitas outras ferramentas que vão ajudar nessa caminhada.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.