Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

Como abrir uma clínica médica em 8 passos

Tempo de leitura: 8 minutos

Abrir uma clínica médica é um grande sonho para profissionais da área da saúde, não é mesmo? Ter um estabelecimento próprio significa ter um relacionamento mais próximo com seus pacientes e poder dar a atenção que eles precisam em cada atendimento. Além disso, ter um estabelecimento também permite uma remuneração maior, mais liberdade para organizar a própria agenda, entre outros benefícios bem atraentes. 

Muitas pessoas acreditam que abrir uma clínica médica é algo impossível. Mas, esses 8 passos vão te mostrar que com organização e planejamento, seu sonho profissional pode se tornar realidade. Confira esse conteúdo e descubra como!

Como abrir uma clínica médica?

1. Elabore seu plano de negócios 

Fazer seu plano de negócios é o primeiro passo para abrir uma clínica médica, assim como qualquer outro empreendimento. Esse documento ajuda o futuro dono da empresa a ter uma visão mais ampla sobre seu próprio negócio e no mercado onde ele será inserido. 

Nele, está detalhado tudo que será necessário para o desenvolvimento da sua clínica médica, como planejamento estratégico, financeiro, recursos humanos, etc. 

Para isso, especifique todo o investimento que você precisará fazer em materiais, equipamentos, pagamentos de funcionários e maquinário. 

Também é importante pesquisar a fundo qual é o público que irá frequentar a sua clínica médica, quem serão seus principais concorrentes e como o mercado da saúde tem performado hoje em dia. Essas informações serão essenciais para que os próximos passos sejam concluídos. 


2. Defina onde será a sua clínica médica 

A localização da clínica médica é um fator muito importante, porque ele está diretamente relacionado ao faturamento que o seu negócio terá no futuro. 

Antes de procurar o melhor espaço para realizar os seus atendimentos médicos, é necessário se atentar a alguns fatores importantes. O principal deles é o público alvo. 

Durante a criação do seu plano de negócios, você irá identificar qual é o público que a sua clínica médica irá atender, assim como levantar dados importantes sobre ele, como por exemplo, qual é a sua faixa de renda mensal e quais são seus hábitos de consumo. 

Assim, vai ficar mais fácil descobrir em qual região essas pessoas moram ou trabalham, facilitando o acesso delas até a sua clínica médica. 

Depois disso, você pode pensar em outras facilidades que irão agradar seus pacientes, como um local que tenha estacionamento, por exemplo. 

Além disso, também é importante avaliar as outras clínicas médicas presentes na vizinhança. Locais que apresentam muita concorrência, podem se tornar um risco para o seu negócio. 

Mas, nem por isso lugares que não possuem nenhuma clínica são a escolha ideal. Nesses casos, ou você será um pioneiro e sua clínica será um sucesso ou os moradores e trabalhadores da região não tem interesse nos serviços que você pode oferecer a eles. 

Por último, mas não menos importante, você precisa se atentar aos aspectos legais e regularizações para que sua clínica médica esteja de acordo com as licenças exigidas. 

Sendo assim, antes de fechar o contrato de aluguel ou compra do espaço, é necessário consultar a Prefeitura da cidade e confirmar se a clínica médica poderá funcionar no endereço que você escolheu. Também verifique quais são as restrições da prefeitura para os planos da Lei de Zoneamento e do Plano Diretor da Cidade. 

3. Compre ou alugue seus equipamentos 

Os equipamentos representam um dos custos mais altos para abrir uma clínica médica. Mas, a quantidade de itens irá depender do tamanho da sua clínica. Por isso, é importante guardar uma quantia para investir nessa área. 

Um dos primeiros equipamentos que precisam ser comprados são computadores e telefones para entrar em contato com os pacientes e vice-versa. 

Outros aparelhos necessários para realizar os atendimentos são: estetoscópio, endoscópio, recipientes, camas, macas, cadeiras de roda, pinças, bisturis, mesas cirúrgicas e outros equipamentos referentes à sua especialidade médica. Além disso, não esqueça dos itens básicos de higiene para manter o funcionamento da clínica. 

Uma dica valiosa é optar por equipamentos e materiais que gastam menos energia. Além de ter um custo menor nas contas da clínica, você também estará ajudando o meio ambiente. 

4. Invista na estrutura 

Pequenos detalhes na estrutura da sua clínica médica podem fazer uma grande diferença no bem estar dos pacientes. Com isso, é bem provável que eles indiquem seu estabelecimento para amigos e familiares, aumentando a sua quantidade de clientes de forma mais rápida!

Uma boa iluminação e móveis confortáveis na recepção irão garantir que os pacientes se sintam bem enquanto aguardam o atendimento.

Outros detalhes da estrutura irão depender da sua especialidade e do tamanho da clínica médica. Mas, é essencial que o seu espaço seja composto por:

  • Recepção para os pacientes 
  • Espera com área multiuso 
  • Sanitário feminino e masculino para pacientes, sendo um deles com as dimensões adequadas para portadores de necessidades especiais 
  • Posto de coleta de exames laboratoriais, se houver necessidade 
  • Área de repouso 
  • Sala para administração 
  • Sanitário feminino e masculino para funcionários 

5. Contrate funcionários capacitados 

Falando neles, os funcionários são parte importante na abertura de uma clínica médica. Além de se certificar que eles são capacitados para exercerem suas funções, é importante investir em uniformes ou aventais personalizados com a logomarca da clínica, pois nem sempre eles estão preparados com roupas para se trabalhar na área da saúde. 

Outro investimento que faz toda diferença para os funcionários e para os seus pacientes são os treinamentos, principalmente na área de atendimento. 

6. Divulgue a sua clínica médica 

No início do seu empreendimento, poucas pessoas conhecerão a sua clínica médica. Por isso, é fundamental investir na divulgação para que futuros pacientes conheçam o seu negócio. 

O primeiro passo é definir um nome e criar um logotipo que defina muito bem os diferenciais do seu negócio. 

Uma curiosidade importante do mercado de saúde é que a divulgação boca a boca ainda é muito relevante para conquistar novos pacientes. Sendo assim, invista na divulgação, mas não esqueça de oferecer um atendimento de qualidade para que seus pacientes atuais possam divulgar seu profissionalismo para amigos e familiares. 

Mas, falando de divulgação online, você pode apostar em algumas estratégias de marketing digital, como criar um site e uma página no Facebook. Nesse momento, também vale observar quais meios de comunicação sua concorrência está utilizando para se comunicar com o público.

Também é importante definir metas que irão guiar a sua clínica médica até onde você almeja chegar. Uma boa presença online pode ser uma etapa importante durante esse caminho. 

7. Prepare a documentação 

Para legalizar a sua clínica médica, é necessário que o dono da empresa faça registros em órgãos específicos antes de iniciar as atividades. 

Sendo assim, é necessário que você tenha em mãos alguns documentos, como:

  • CNPJ 
  • Cópia autenticada de RG e CPF
  • Folha espelho do IRPF
  • IPTU do imóvel 
  • Cópia do contrato de locação ou de compra e venda 
  • Alvará de funcionamento 
  • Vigilância sanitária 
  • Entre outros documentos que podem variar de acordo com a sua localização 

8. Conte com a ajuda da tecnologia 

Como você pôde ver, ao abrir uma clínica médica, você pode se deparar com diversos desafios que não são ensinados durante a graduação em medicina, certo?

Por isso, entender que você pode usar a tecnologia como aliada no dia a dia da sua clínica médica pode te ajudar a expandir seu negócio com mais facilidade. 

Quer saber como? Conheça a Amplimed, um software médico que cuida de toda a sua clínica, do atendimento até a gestão. 

Na Amplimed, você encontra: 

  • Gestão financeira e faturamento TISS
  • Agenda com confirmação automática de consultas 
  • Prontuário eletrônico com módulos de especialidades
  • E muito mais 

Solicite o Teste por 10 dias grátis e nos conte o resultado! Visite nosso site e se tiver alguma dúvida sobre o software, é só entrar em contato!

Sobre a autora: 

Assinatura Julia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.