6 dicas de como sair do vermelho e manter sua clínica aberta

Tempo de leitura: 7 minutos

Tudo bem que todos nós sabemos que é praticamente impossível ter estabilidade financeira hoje em dia, mas ninguém quer ver sua própria clínica fechando as portas, certo?

Uma das principais causas de fechamento de pequenas empresas no Brasil é a falta de controle e planejamento financeiro.

Isso acontece, principalmente, porque os gestores das clínicas não têm muito conhecimento sobre finanças, já que essa não é sua especialidade.

Para burlar as estatísticas, é necessário se informar o máximo possível e buscar ajuda de quem realmente entende do assunto. 

Se você quer descobrir como sair do vermelho, está lendo o texto certo. Aqui, você vai descobrir 6 dicas incríveis para manter sua clínica funcionando a todo vapor!

O Sebrae realizou uma pesquisa em 2016 que mostra que há um aumento nas chances de uma empresa falir quando o gestor não traz inovação para seu negócio, não controla as despesas, não busca crescimento profissional, etc. 

Você já deu o primeiro passo abrindo esse texto! No decorrer da leitura, você verá as 6 dicas de como sair do vermelho.  

1 Avaliar custos e ver quais podem ser cortados

Analisando todos os gastos da sua clínica, fica mais fácil perceber quais itens podem ser cortados do orçamento e quais podem ser reduzidos. 

Existem diversos processos que, hoje em dia, estão arcaicos na gestão e ainda prejudicam o meio ambiente. Um bom exemplo disso é o uso excessivo de papel no dia a dia. 

A agenda física pode se transformar em uma agenda online e o prontuário físico pelo prontuário eletrônico. Além disso, os gastos com papelaria em geral também vão diminuir, como canetas e impressão por exemplo. Sem contar que o lugar onde você guardava todos esses papéis pode ser transformar em um ambiente muito mais útil. 

Ter um consultório que pensa de forma sustentável vai fazer bem para o planeta e para o rendimento da clínica. Usar a tecnologia ao seu favor vai te proporcionar um aumento no faturamento a longo prazo e melhorar muito a visão que seus pacientes têm sobre o seu consultório.

2 Avaliar a produtividade da equipe

Uma equipe engajada com a clínica oferece um trabalho de qualidade. Para garantir que haja satisfação dos funcionários no seu ambiente de trabalho, é preciso avaliar alguns pontos. 

O primeiro é realmente conversar com os colaboradores de forma franca. Mostre para eles que existe confiança nos dois lados da relação, para que eles possam falar o que gostam e o que gostariam que melhorasse na rotina deles. 

O segundo passo é avaliar algumas ferramentas que podem facilitar as tarefas diárias de cada funcionário. Se aquela sugestão pode ser aplicada e realmente vai trazer benefícios em um bom espaço de tempo, analise se você tem condições de usá-la diariamente no consultório. 

Dessa forma, seus funcionários sentirão prazer de ver seu negócio crescendo e eles se desenvolvendo profissionalmente junto com a clínica!

3 Automatizar processos

Lidar com a parte burocrática do consultório, oferecer atendimentos de qualidade e ainda manter contato com todos os pacientes não é uma tarefa simples.

Com a grande concorrência, qualquer falha nesses três itens pode significar a perda de pacientes. Por isso, está cada vez mais essencial o uso de ferramentas que instale a comunicação automatizada no consultório. 

Ao contrário do que algumas pessoas acreditam, automatizar a comunicação não vai parecer que você trata seus pacientes com frieza. 

Automatizar a comunicação significa mandar mensagens automaticamente para os seus pacientes, personalizando cada informação de acordo com o canal e objetivo de cada uma. 

Uma dos meios de comunicação mais utilizados para enviar informativos para os pacientes é o email. Você pode utilizá-lo para confirmar consultas, avisar sobre feriados e férias, fazer campanhas de vacinação, entre outras ideias.

Agora, imagine enviar o mesmo email para todos os pacientes manualmente? Ia demorar muito tempo e você ainda corria o risco de alguém não receber seu recado por erros humanos. 

Com um sistema de automatização de comunicação, você também tem a opção de segmentar os emails e enviar diferentes conteúdos para diversas pessoas. 

Além do email, você também pode cuidar da comunicação nas redes sociais da clínica, como Facebook, por exemplo. 

Falar com os pacientes pelo Messenger e gerenciar as mensagens recebidas e enviadas ficará muito mais fácil. Assim, ninguém ficará sem retorno!

4 Investir em estratégias de marketing para atrair novos clientes

O mundo do marketing é extremamente vasto. Usando as ferramentas de comunicação da maneira correta, você conseguirá atrair novos pacientes. 

Um dos principais erros cometidos quando os gestores de clínica criam estratégias de marketing é não segmentar o público alvo corretamente. 

O público alvo são os pacientes que você deseja chamar para o seu consultório. Sendo assim, se você é um ginecologista precisa atrair mulheres e adolescentes. Se é um pediatra, precisa chamar atenção de pais de crianças. E por aí vai. 

Errar na segmentação do público alvo na comunicação pode fazer com que pessoas que não se interessam pelo seu trabalho sejam impactadas, fazendo com que você perca dinheiro e não tenha o resultado esperado. 

Se você tem dificuldades em fazer a estrutura de comunicação da sua clínica por conta própria, será necessário contratar alguns profissionais para cuidar dessa área para você. 

Existem várias opções, como agências, profissionais terceirizados, freelancers, entre outros. O mais importante é contratar pessoas e empresas de confiança e que ofereçam o que você espera. 

Também é importante garantir que o responsável pela sua comunicação entenda que, além de melhorar a imagem da sua clínica, nenhuma postagem pode ir contra as regras do Conselho Federal de Medicina (CFM).

5 Avaliar receitas, entradas e saídas

Parece bem simples, mas essa etapa pode causar bastante dúvida em muitos gestores de clínicas médicas. 

Não controlar as receitas, entradas e saídas do consultório corretamente pode pegar você de surpresa caso algum imprevisto aconteça. 

Uma das melhores formas de organizar as finanças da clínica é separar as contas por tipos e colocar a data de vencimento de cada uma em evidência para não esquecer de pagar. 

Um erro muito comum também é não separar a conta pessoal da conta do empreendimento. Isso pode fazer com que você gaste demais, perca prazos e não perceba inadimplências de alguns pacientes. 

Com as contas em dia, fica mais fácil identificar se algo está dando errado no fluxo de caixa. Assim, é mais simples guardar dinheiro para investir em melhorias para o consultório. 

6 Fidelize seus pacientes

Você sabia que fidelizar pacientes antigos é mais barato do que atrair novos? Também é uma forma de crescer o faturamento do consultório, e consequentemente, sair do vermelho.

Para conseguir fazer isso de uma maneira consistente, é preciso saber o que seria benéfico para o paciente, além de oferecer sempre um bom atendimento. 

Uma boa dica é oferecer pacotes com consulta e exames de rotina com um preço mais em conta.

Também é legal usar o email para mandar recados e lembretes, como dizer que está chegando a hora de marcar um retorno, por exemplo. Assim, você com certeza irá fazer o número de pacientes crescer em um curto período.

Quem nunca atendeu um paciente que chegou ao consultório cheio de dúvidas porque leu algo na internet? Você já pensou em mandar conteúdos exclusivos para os seus pacientes?

Essa também é uma boa maneira de fidelizá-los, já que você nutre o relacionamento entre vocês mesmo não estando presente. 

Para divulgar esses conteúdos, é só usar as redes sociais, como Facebook, Instagram, YouTube e até mesmo o email marketing. 

Você ainda tem dúvidas sobre como sair do vermelho? Deixe nos comentários! Se está pensando em usar a tecnologia para automatizar processos na sua clínica, não esqueça que a Amplimed está aqui para te ajudar!

Iniciar teste gratuito

 

Sobre a autora: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.