Coworkings Médicos: tendência para os próximos anos

Tempo de leitura: 5 minutos

Como é gratificante terminar uma residência médica, não é mesmo? Depois de tantos anos estudando, inclusive antes de entrar na faculdade, você finalmente pode exercer a profissão que tanto sonhou. 

Mas e depois de tudo isso? O próximo sonho de muitos médicos é ter seu próprio consultório, mas nem sempre isso é possível logo no início. Os custos fixos de uma clínica são bem altos, assim como seu investimento inicial. 

E se eu te contasse que tem uma alternativa para esse problema? É o coworking para médicos! Não sabe o que isso significa? Não tem problema, pois nesse texto iremos explicar como esse modelo de trabalho funciona. 

O que são coworkings?

Coworking é o ato de se juntar a um grupo de profissionais, empresas ou comunidades com o objetivo de trabalhar e desenvolver suas habilidades profissionais em conjunto e assim, crescer de maneira mais rápida e colaborativa. 

Isso tudo acontece em um espaço de coworking, ou seja, um espaço com toda estrutura necessária para que um grupo de pessoas com profissões diferentes possa trabalhar.

Sendo assim, esses espaços contam com toda estrutura que um escritório convencional teria, mas compartilhado igualmente com todos os integrantes do local.

Pessoas que utilizam o coworking são, em sua maioria, profissionais independentes, ligados nas transformações e inovações do mercado de trabalho. Gostam de expressar sua criatividade, valorizam a troca de experiências e estão dispostos a criar uma boa rede de networking. 

Como o coworking surgiu? 

O primeiro escritório de coworking surgiu nos Estados Unidos. A Hat Factory foi fundada por Brad Neuberg e mais dois empreendedores. 

No início, era só um espaço próprio que poderia ser utilizado por eles e por outros profissionais de outras empresas e ramos. 

No Brasil, o primeiro escritório de coworking foi o Impact Hub, inaugurado em 2007, na cidade de São Paulo. Depois disso, o número de espaços de trabalho comunitário tem demonstrado constante crescimento. 

Como o coworking funciona?

Hoje em dia, você tem duas opções: contratar o escritório de coworking por hora de utilização ou fechar um plano fixo mensal. 

Feito isso, você poderá usufruir de toda estrutura que o escritório pode te oferecer. Na maioria dos casos, são elas:

  • Internet Wi-Fi de alta velocidade
  • Salas privativas
  • Sala de treinamento 
  • Salas de reunião
  • Impressora multifuncional 
  • Espaço para relaxamento
  • Armários individuais 
  • Lanchonete ou copa
  • Banheiro
  • Estacionamento 
  • Escritório virtual
  • Recepção

Mercado de coworking

Hoje em dia, cerca de 3% do mercado de escritórios do mundo são espaços de coworking. A estimativa é que esse número chegue a 30% até 2030. 

De acordo com dados do Censo Coworking Brasil, esse modelo cresceu 52% em 2016 e 114% em 2017. Em 2018, foram contabilizados 1194 escritórios de coworking no país. 

Esses dados mostram que o coworking é mais do que uma modinha passageira, e sim um movimento cultural que visa transformar a forma como nos relacionamos com o ambiente de trabalho. 

Depois de dez anos, os escritórios de coworking conquistaram seu espaço. Estimativas do Global Coworking Map mostram que existam aproximadamente 10 mil escritórios desse modelo de trabalho ao redor do mundo. Você pode conferir todos eles clicando aqui.

Benefícios de aderir o coworking médico 

Você já sabe que fazer um coworking médico sai muito mais em conta do que alugar ou comprar um consultório próprio. Mas os benefícios não param por aí:

Infraestrutura de qualidade

Além dos gastos com o estabelecimento, você também terá que se preocupar com equipamentos para consultas e exames, a decoração da recepção e sala de espera, ferramentas para agendamento, entre outros gastos fixos. 

Ao fechar um coworking médico, você poderá usar a infraestrutura completa do espaço sempre que precisar, sem se preocupar com taxas adicionais e manutenções. 

Horários flexíveis 

Dependendo de onde for o consultório, o médico poderá trabalhar apenas em horário comercial ou então irá se forçar a pegar mais consultas para conseguir pagar o aluguel/prestação. 

Os horários no coworking médico são flexíveis, tanto que existe um plano onde você paga por hora que usar o espaço. Dessa forma, fica muito mais fácil encaixar seus pacientes na agenda.

Ótima primeira impressão

Hoje em dia, os pacientes se fidelizam a um consultório quando são bem atendidos e quando têm uma boa experiência na clínica. 

Além do ótimo atendimento, todos os outros fatores podem contar para que o paciente saia satisfeito da consulta. 

Os espaços de coworking têm um alto padrão e uma ótima estética, encantando facilmente todos os visitantes. Um bom local ajuda os pacientes a ficarem mais relaxados e se sentirem mais à vontade com você.

Rede de indicações 

Em um coworking médico, nem todos os profissionais terão a mesma especialidade. Além do networking diário, caso o paciente de um colega precisar dos seus serviços, será muito mais fácil ele te indicar.

O coworking médico não traz apenas economia, como também aumento de faturamento!

Conclusão

Viu como o coworking para médicos pode ser uma ótima opção para você dar o seu pontapé inicial?

O mercado de trabalho está se transformando e tem demandado tecnologia para nos ajudar a acompanhar essas mudanças. 

Uma delas é a plataforma Amplimed, essencial para oferecer a inovação necessária para os pacientes. Alguns recursos da plataforma são:

  • Agendamento Online
  • Prontuário Eletrônico Personalizável 
  • Módulo Financeiro e Administrativo
  • Pesquisa de satisfação

Quer ter toda essa praticidade na sua clínica? Faça um teste grátis! 

Iniciar teste gratuito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.