O que um bom histórico de pacientes faz pela sua clínica

Tempo de leitura: 5 minutos

Você já ouviu falar em Big Data? É o conceito usado para se referir ao gigantesco volume de informações gerado a cada segundo na internet. Hoje as empresas que mais lucram são aquelas que tratam esses dados para potencializar ações de marketing e de vendas. Google e Facebook são dois bons exemplos. Mas qual é a relação entre o Big Data e um histórico de pacientes? A resposta está no conceito.

A ideia de trabalhar com dados de clientes para melhor atendê-los e fidelizá-los não é exatamente uma novidade. Ela já era praticada antes mesmo do advento da internet, por meio das antigas malas-diretas. O que a tecnologia trouxe de novo foi a possibilidade de reunir uma massa muito maior de informações pessoais e comportamentais dos consumidores.

Essas informações possibilitam um levantamento das necessidades de clientes e potenciais consumidores, com precisão quase cirúrgica. Isso minimiza riscos e aumenta muito as chances de ganhos em ações promocionais e desenvolvimento de novos produtos.

A informação tratada é o grande tesouro da nossa era. Especialistas calculam que até o ano de 2024 teremos uma economia totalmente estruturada no valor das informações obtidas dos consumidores.

As vantagens do sistema de prontuário eletrônico

Vamos transportar esse cenário para a administração de clínicas e hospitais. Podemos dizer que quem não possui um sistema automatizado para gerir informações de seus pacientes deve correr contra o tempo. Em um mercado altamente competitivo e com consumidores cada vez mais exigentes, os serviços médicos também precisam se adequar aos novos tempos.

Em uma analogia mais restrita com o Big Data, o prontuário eletrônico é uma ferramenta que se impõe no centro do conceito moderno da gestão médica. Além de agilizar consultas a exames, laudos e histórico cronológico dos pacientes, essa ferramenta possibilita uma proximidade maior na relação médico-paciente.

Informações online permitem acesso a distância

Com o auxílio de um sistema médico online, o prontuário eletrônico pode ser consultado por profissionais de saúde a qualquer momento e em qualquer lugar. Até mesmo por meio de um smartphone! Com ele, um médico pode receber exames, prescrever medicações e até passar orientações a um paciente a quilômetros de distância.

Mantendo um histórico de pacientes eletrônico, o consultório ou clínica passa também a oferecer serviços de apoio que ajudam a fidelizar os clientes. Ao prescrever um medicamento o profissional de saúde pode, por exemplo, criar uma rotina no software médico com alertas. Assim, o paciente receberá mensagens com lembretes automáticos avisando quando estiver na hora dele tomar o medicamento.

Da mesma forma, alertas de confirmação de consultas ou de revisões periódicas também podem ser agendados e enviados automaticamente. Com isso, além de dar mais atenção aos pacientes, obtém-se uma maior eficiência administrativa nos processos internos.

Histórico de pacientes agiliza emergências

Poder acessar rapidamente o histórico de pacientes, seus exames mais recentes e possíveis alergias é outra importante vantagem oferecida pelo sistema de prontuário eletrônico. A agilidade para obtenção desses dados em um caso grave, que exija um atendimento de emergência, pode salvar vidas.

A vantagem existe até mesmo se o paciente não receber o atendimento emergencial na unidade médica em que seu prontuário está armazenado. Nesse caso, o médico do paciente pode ser notificado a distância e acessar esses dados online. Se necessário for, o médico poderá partilhar rapidamente informações importantes com a equipe que estiver prestando o socorro emergencial.

Mas esse partilhamento de informações precisa ser autorizado pelo paciente ou por seus familiares. Essa é, aliás, uma das questões mais discutidas quando se trata de sistemas de prontuário eletrônico. Muitos médicos ainda temem que os dados particulares dos pacientes sejam acessados de forma indevida ou até comercializados.

Atento a isso, os principais softwares médicos usam sistemas de encriptação de dados e ferramentas de proteção dos bancos de dados mantidos na nuvem. Apenas pessoas autorizadas e com senhas têm acesso aos prontuários. E o sistema guarda os registros de acesso para que fique gravado sempre que alguém acessar o banco de dados.

Prontuário eletrônico também ajuda na prevenção

O acompanhamento das informações do paciente por meio de prontuário eletrônico também guarda estreita sintonia com o conceito de atendimento humanizado. A cada nova consulta médico e paciente vão estreitando sua relação.

A partir do acompanhamento cronológico do paciente e da posse de seu histórico de doenças familiares, o médico pode cruzar os dados do prontuário eletrônico para se antecipar a possíveis doenças congênitas ou agravamento de quadros.

Esse estreitamento de relação entre médico e paciente também acaba se refletindo em uma maior eficiência dos tratamentos prescritos. Por um lado, o médico conhece melhor as reações do corpo de seu paciente. Por outro, a confiança no profissional de saúde aumenta e estimula o paciente a cumprir todas as orientações passadas.

Tudo isso acaba também se refletindo em um marketing bastante positivo para a clínica e para o profissional de saúde. Uma vez se sentindo bem atendido, o paciente será um potencial divulgador dos serviços médicos prestados.

Por isso deve-se também aproveitar, sempre que possível, para solicitar um feedback de avaliação do paciente sobre seu grau de satisfação em relação ao atendimento e serviços prestados.

Muitos softwares que oferecem armazenamento e gestão de prontuários eletrônicos também contam com a possibilidade de enviar tais formulários de avaliação para os pacientes. Além de demonstrar zelo em relação à qualidade do serviço oferecido e interesse na opinião do usuário, essa prática possibilita um importante monitoramento do grau de satisfação dos clientes.

Como você mantém o histórico de pacientes da sua clínica? Não esqueça de deixar seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.