Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

Como manter a organização dos prontuários eletrônicos?

Tempo de leitura: 3 minutos

A organização dos prontuários eletrônicos é essencial para uma boa gestão, problemas com prontuários acontecem todos os dias nos mais diversos estabelecimentos de saúde. A maioria deles são causados por perdas ou erros humanos, o que não ocorre com os prontuários eletrônicos. 

É obrigatório que todo profissional de saúde armazene o histórico de seus pacientes por um determinado período de tempo. Sendo assim, é essencial que a clínica saiba fazer a organização dos prontuários eletrônicos da melhor forma possível!

Por isso, hoje vamos dar algumas dicas de como armazenar o histórico dos pacientes de forma inteligente e prática, usando o prontuário eletrônico. Acompanhe! 


Dicas para manter a organização do prontuários eletrônicos

1 – Utilize um prontuário eletrônico integrado a um sistema em nuvem

Ter em mãos um sistema médico integrado ao prontuário eletrônico pode fazer maravilhas pela gestão da sua clínica. Com ele, você pode focar em oferecer um atendimento melhor para os pacientes, enquanto a tecnologia se encarrega de realizar tarefas que podem ser automatizadas. 

Assim, você vai garantir não apenas a organização dos prontuários eletrônicos, mas de todas as áreas da clínica. Além disso, os benefícios da tecnologia no dia a dia podem ser observados por médicos e pacientes. 

2 – Ofereça treinamento para os funcionários

Para que possamos usufruir do melhor da tecnologia, é preciso saber como utilizá-la. Por isso, é essencial que os profissionais estejam bem treinados e saibam usar todas as funcionalidades do prontuário eletrônico. 

O Amplimed, por exemplo, oferece treinamento para os funcionários da clínica, para que todos saibam como utilizar o sistema. Visite nosso site e saiba mais! 

3 – Escolha a melhor opção para o seu negócio

Antes de escolher um prontuário eletrônico, é normal querer testar algumas opções oferecidas pelo mercado. Mas, com tantas opções, qual delas escolher?

Além de suprir as necessidades da sua clínica, o prontuário eletrônico também deve ser rápido e eficaz. Dessa forma, você consegue garantir um bom atendimento em emergências e a melhora do bem-estar do paciente o mais rápido possível. 

Sendo assim, é preciso que o prontuário eletrônico apresente resultados de exames, contraindicações, alergias, e todas as questões que envolvem um bom atendimento. 

Quando esses dados estão em evidência, é mais fácil para a equipe médica e de atendimento prestar um bom serviço e conseguir a fidelização do paciente!

4 – Escolha uma metodologia de organização

Existem diversas metodologias de organização e você deve escolher aquela que faz mais sentido para você e para sua equipe. 

É importante lembrar que a metodologia de organização implica na divisão do prontuário eletrônico e o modo em que os documentos serão agrupados. 

5 – Otimize o fluxo de trabalho

Para manter a organização dos prontuários eletrônicos, é fundamental que as informações sejam armazenadas assim que o paciente for atendido. Assim, o trabalho da equipe de atendimento se torna mais dinâmico e otimizado. 

O que achou das nossas dicas sobre organização dos prontuários eletrônicos? Deixe nos comentários! 


Sobre a autora: 

Assinatura Julia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.