Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

Saúde Ocupacional: recursos de Telemedicina para os colaboradores

Tempo de leitura: 7 minutos

A tecnologia beneficia todos os setores de uma empresa. Os procedimentos de saúde ocupacional também podem contar com ferramentas tecnológicas. A Telemedicina trouxe muitas possibilidades para a área da saúde que também podem ser aplicadas no cuidado com os colaboradores. 

Neste texto, preparamos tudo que você precisa saber sobre a aplicação da Telemedicina na saúde ocupacional: 

  • Legislação vigente sobre a Telemedicina;
  • Recursos para saúde ocupacional;
  • Vantagens do sistema Amplimed.

Leia até o final para saber como aplicar esses recursos na prática. 

Telemedicina: legislação vigente, limites e possibilidades

De acordo com a Resolução do CFM nº 1.643/2002, Telemedicina é definida como

[…] o exercício da Medicina através da utilização de metodologias interativas de comunicação audio-visual e de dados, com o objetivo de assistência, educação e pesquisa em Saúde.

Além disso, a Resolução do CFM º 2.227/2018, revogada pouco tempo depois de sua publicação, definia a prática de forma mais ampla, como o exercício da medicina mediado por tecnologia, com finalidades assistenciais, educacionais, de pesquisa, de prevenção e de promoção de saúde. Apesar dessa resolução do CFM ter sido revogada, a Lei 13.989/2020, outorgada no contexto da pandemia, define a telemedicina também de forma ampla:

Entende-se por telemedicina, entre outros, o exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde.

Ao incluir, “entre outros”, a lei amplia seu espectro. Já no que se refere aos limites de sua vigência, a lei autoriza a prática a partir de sua publicação, em 15 de abril de 2020, em caráter emergencial. 

A partir dessas definições legais, é importante conhecer a opinião de especialistas. O Dr. Chao Lung Weng, chefe da disciplina de Telemedicina na Universidade de São Paulo (USP), afirma que a telemedicina não limita o ato presencial. Infere-se da opinião de Weng que a telemedicina pode comportar inúmeras espécies de ato médico de forma cooperativa com os atendimentos presenciais. 

No entanto, a Portaria nº 457/2020 do Ministério da Saúde reduziu a abrangência da telemedicina. No texto, 

As ações de Telemedicina de interação à distância podem contemplar o atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, de consulta, monitoramento e diagnóstico, por meio de tecnologia da informação e comunicação, no âmbito do SUS, bem como na saúde suplementar e privada.

Modalidades autorizadas de Telemedicina

Algumas das modalidades que estão autorizadas pela referida Portaria também contam com a autorização prévia do CFM; outras constavam na resolução revogada pelo Conselho. Atualmente, podem ser executadas, de forma remota, atividades de:

  • Telediagnóstico;
  • Telerradiologia;
  • Telepatologia;
  • Genética médica;
  • Teleconsulta;
  • Telecirurgia;
  • Teleconferência;
  • Teletriagem;
  • Telemonitoramento;
  • Televigilância;
  • Teleorientação;
  • Teleconsultoria.

Veja, agora, como esses recursos podem ser utilizados para aprimorar a saúde ocupacional.

Saúde Ocupacional com a Telemedicina

Avaliar a saúde dos colaboradores e promover boa qualidade de vida dentro do ambiente de trabalho é um dos diferenciais das empresas inovadoras. Nesse contexto, a teleconsulta traz muitos impactos positivos para a saúde ocupacional. Além de reduzir os custos, aumenta a eficiência dos procedimentos e promove aos colaboradores o melhor dos recursos disponíveis. 

As rotinas de saúde ocupacional são mais fáceis com a tecnologia. Além de evitar despesas desnecessárias, a teleconsulta e os demais recursos eliminam a necessidade de o colaborador se deslocar até uma clínica especializada. Esse deslocamento exige uma mudança na rotina do funcionário e da empresa, já que, muitas vezes, o procedimento pode comprometer mais de um turno completo de trabalho.

Tanto as empresas que contam com equipe interna de saúde ocupacional quanto aquelas que contratam o serviço especializado se beneficiam dos recursos de Telemedicina. Afinal, todos os procedimentos são realizados com maior agilidade e assertividade. Isso também pode aumentar a qualidade da consulta, uma vez que o médico do trabalho também utilizará recursos tecnológicos para facilitar seu atendimento. 

Recursos eficientes e seguros

Todos os serviços de saúde ocupacional realizados com Telemedicina devem respeitar normas específicas, em sistemas com certificação de segurança. A coleta, a geração e o tratamento de dados devem seguir as regras da nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) para garantir o pleno funcionamento do modelo. 

Entre os serviços viabilizados pela Telemedicina para a área de saúde do trabalhador, estão:

  • Inteligência Artificial (IA);
  • laudos de Eletrocardiogramas (ECG);
  • laudos de Eletroencefalogramas (EEG)
  • resultados e laudos de exames laboratoriais;
  • teleconsulta.

Recursos de IA, por exemplo, facilitam a triagem automática para que o médico do trabalho possa analisar e priorizar alguns casos. A partir dessa triagem mais eficiente, é possível contar com laudos para diversos tipos de exames, entre eles ECG, EEG, Raio-X e laboratoriais.

Os recursos de Telemedicina são ainda mais eficientes e seguros quando integrados por um software médico de alta qualidade. Conheça, abaixo, as funcionalidades integradas do sistema Amplimed.

Como o sistema Amplimed pode ajudar?

O sistema médico Amplimed possui os recursos tecnológicos mais avançados e seguros para gestão de clínicas e consultórios. Além de disponibilizar todas as ferramentas de Telemedicina integradas com o prontuário eletrônico personalizado e armazenado em nuvem, a Amplimed opera com segurança de nível bancário. Como garantia de qualidade operacional, conta com a certificação ICP-Brasil (saiba mais).

A Amplimed disponibiliza, de forma personalizável, os seguintes recursos para sua clínica e para seu setor de saúde ocupacional;

  • Agendamento online;
  • Prontuário eletrônico;
  • Prescrição digital;
  • Assinatura digital com certificação;
  • Plataforma de telemedicina.

Agendamento inteligente

A gestão de processos é importante para todas as empresas: tanto os internos quanto aqueles destinados a atender o público externo. Quando se trata de agendamento de consultas, é preciso garantir assertividade na escolha de datas e horários, bem como automatização dos procedimentos repetitivos. Por isso, o agendamento online inteligente é tão importante. 

Ao disponibilizar a agenda do médico para que os colaboradores escolham um horário de sua preferência, sua empresa evita sobreposição de horários e outros equívocos. Assim, a qualidade do primeiro passo no atendimento da equipe estará garantida. 

Prontuário eletrônico

O prontuário eletrônico é essencial para a integração segura de todos os dados de um atendimento. Na Amplimed, a ferramenta segue os três pilares de segurança operacional e todas as diretrizes vigentes, como a certificação ICP-Brasil, além de estar preparada para a nova LGPD. 

O recurso representa a versão digital do prontuário do paciente, que representa uma das exigências para o atendimento médico completo. Afinal, é indispensável o registro da consulta. Entre as vantagens da versão digital, estão a praticidade, a segurança e o custo reduzido em relação ao modelo em papel. 

Prescrição digital

A prescrição digital também é um recurso importante para a saúde ocupacional. Mesmo que o médico do trabalho não dê continuidade ao tratamento do colaborador, outros profissionais da clínica podem assumir o atendimento. Afinal, as informações estarão disponíveis no prontuário eletrônico e podem ser compartilhadas conforme normas internas da empresa. O recurso permite criação de padrões prescricionais, a impressão e o envio da versão digital do receituário. 

Assinatura digital com certificação

A assinatura digital garante a autenticidade dos documentos. Para isso, precisa contar com a certificação adequada que, no país, é o certificado emitido pelo ICP-Brasil. Essa ferramenta permite que prescrições, laudos e cópias do prontuário sejam assinados sem a necessidade de impressão ou carimbo. 

O aumento da eficiência e a redução de custos são evidentes. Além dessas vantagens, a empresa ainda terá maior segurança nos procedimentos, já que o acesso à assinatura requer confirmação de identidade.

Plataforma de Telemedicina

O sistema Amplimed também conta com uma plataforma de Telemedicina que integra todos os recursos de gestão e atendimento. Assim, as consultas e os procedimentos de saúde ocupacional podem contar com a praticidade, com a eficiência e com a segurança da Telemedicina. 

Para saber mais sobre esse recurso, leia nosso artigo: “Como funciona a Plataforma de Telemedicina da Amplimed”

Sobre o autor:

Autor

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.