Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

O que é telediagnóstico?

Tempo de leitura: 5 minutos

Quem se interessa por tecnologia na saúde com certeza já ouviu o termo telediagnóstico. Mas, você sabe o que ele realmente significa?

Nesse texto, você vai conhecer mais sobre o assunto e descobrir quais são os benefícios do telediagnóstico para o seu dia a dia. Acompanhe e se mantenha informado sobre as tendências do setor!

O que é telediagnóstico?

O telediagnóstico utiliza diferentes tecnologias para chegar a um diagnóstico. Assim, é possível ultrapassar barreiras estruturais e geográficas, permitindo que pacientes que tenham dificuldade de acesso também possam realizar exames médicos. 

Essa tecnologia surgiu nos Estados Unidos, em meados dos anos 70. Naquela época, alguns profissionais perceberam que diagnósticos feitos a distância eram tão eficazes quanto os realizados presencialmente. 

Também é comum confundir telediagnóstico com telemedicina. O primeiro termo tem relação apenas com o diagnóstico, enquanto o segundo engloba o atendimento médico em si. 

Como o telediagnóstico funciona na prática?

O telediagnóstico é a junção de aparelhos digitais com softwares. Juntos, eles geram imagens em alta resolução. Dessa forma, o médico e o paciente tem acesso a laudos mais seguros e com informações mais confiáveis. 

Assim que as informações forem coletadas, os dados são salvos e compartilhados com o paciente por tecnologia em nuvem. Isso é feito utilizando plataformas de telemedicina desenvolvidas por especialistas para que os profissionais de saúde possam utilizar o telediagnóstico em sua rotina. 

Quais são os benefícios do telediagnóstico?

As vantagens do telediagnósticos podem ser usufruídas por profissionais da saúde e seus pacientes. Confira os principais benefícios abaixo:

Rapidez nos resultados de exames

Graças a tecnologia, assim que os exames estiverem prontos, os especialistas responsáveis pelos laudos podem encaminhá-los para os médicos. Dessa forma, o telediagnóstico é um recurso mais rápido e assertivo do que o diagnóstico comum. 

No telediagnóstico, é designado um médico especifico para a emissão dos laudos. Sendo assim, problemas de saúde podem ser detectados com antecedência, fazendo com que o tratamento do paciente comece mais cedo. 

Diminuição de gastos

O telediagnóstico reduz custos com funcionários, permitindo que os recursos sejam distribuídos de outra forma. Isso acontece porque não é necessário ter um profissional alocado na clínica ou consultório. 

Além disso, você também não irá mais precisar imprimir exames, pois os documentos serão enviados para seu computador, tablet ou celular, utilizando a plataforma de telemedicina. 

Melhora na resolução das imagens

Atualmente, a tecnologia permite que as imagens tenham uma resolução melhor, além de oferecer outras formas de perspectiva. Dessa forma, o especialista tem mais recursos a disposição para elaborar um laudo mais completo e assertivo. 

O profissional pode alterar o contraste, luminosidade, ângulos e ampliar as imagens. Assim, é mais fácil compreender as informações que o documento traz. 

Mais qualidade de vida para os pacientes

Pacientes que moram mais afastados das grandes cidades podem ter dificuldades em cuidar da saúde, prejudicando sua qualidade de vida. 

Os recursos do telediagnóstico podem aumentar a cobertura da área médica, evitando deslocamento dos pacientes e permitindo que eles tenham acesso a saúde e a um atendimento de qualidade. 

Telerradiologia

Assim como a telemedicina, o telediagnóstico também é um caminho para outras tecnologias médicas, como a telerradiologia. 

Com a rede de compartilhamento em nuvem, o especialista consegue alterar parâmetros para observar exames da melhor forma possível, como raio-X, mamografia, tomografia, ressonância magnética e densitometria óssea. 

É importante destacar que todos os exames realizados com a ajuda do telediagnóstico só podem ser assinados por especialistas da área devidamente cadastrados no sistema. Além disso, esse profissional deve ter sua assinatura digital validada. 

Dessa forma, é possível garantir a segurança e a qualidade dos laudos médicos. Também é possível impedir o acesso às informações de pessoas não autorizadas. 

Conclusão

O telediagnóstico pode ser utilizado por consultórios, clínicas e hospitais. Essa tecnologia é capaz de diminuir gastos, oferecer resultados mais rápidos, ampliar os exames disponíveis e democratizar o acesso a saúde em locais distantes. 

Por esses e outros motivos, é essencial estar por dentro das novidades do setor e iniciar a transformação digital da sua clínica. Assim, você conseguirá aproveitar todas as oportunidades geradas pela tecnologia. 

Agora que você já sabe o que é telediagnóstico, é hora de procurar plataformas que sejam seguras para oferecer esse tipo de serviço para seus pacientes.

O Amplimed não disponibiliza a funcionalidade de telediagnóstico, mas se você busca uma plataforma de telemedicina que permite que o médico atenda seu paciente de maneira digital, esse é o sistema de gestão certo para a sua clínica!

Veja alguns de nossos diferenciais: 

  • Teleconsulta integrada ao agendamento online e prontuário eletrônico
  • Link do endereço da consulta via SMS ou e-mail 
  • Vídeo chamadas criptografadas
  • Prescrição e documentos com assinatura digital no padrão ICP
  • Chat para envio de exames integrado ao prontuário do paciente 
  • Pagamento via cartão de crédito ou boleto bancário

Ficou interessado? Teste nosso sistema por 10 dias grátis! 


Sobre a autora: 

Assinatura Julia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.