Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

Faturamento TISS: novo recurso da Amplimed que reduz glosas médicas

Tempo de leitura: 8 minutos

A Amplimed sempre busca entender as principais necessidades de médicos e gestores de clínicas médicas. A partir dessas necessidades, a Amplimed aprimora os recursos de seu software de gestão para clínica e consultórios 100% na nuvem. O principal objetivo deste aprimoramento é entregar todos os benefícios das inovações tecnológicas aos usuários da plataforma.
As glosas médicas são dificuldades enfrentadas pelos empreendedores da área da saúde que atendem por convênios. As glosas médicas são um problema para a gestão de clínicas médicas, pois impactam diretamente o planejamento financeiro. Assim, para evitar glosas médicas e garantir a previsibilidade financeira da clínica, foi lançado o recurso do Faturamento TISS. Esse recurso automatiza o processo de emissão das guias e XML exigidos pelas operadoras de convênios, isso para as guias de Consulta, SP/SADT e honorários médicos.
Neste artigo, você vai descobrir:

  • O que é Padrão TISS e suas funcionalidades?
  • Como funciona a emissão das guias
  • Principais benefícios e funcionalidades do Faturamento TISS.

Faturamento TISS e principais funcionalidades

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), entre outras funções, regula a transmissão de informações sobre saúde suplementar. Desde 2005, a regulação desse fluxo de dados é feita a partir do Padrão para Troca de Informação de Saúde Suplementar (TISS). Assim, o padrão TISS foi criado para estruturar a comunicação entre as operadoras, os usuários e os órgãos de fiscalização. A norma se tornou obrigatória em 2012 a partir da Resolução nº 305. Portanto, quando uma empresa da área da saúde realiza um atendimento autorizado por convênio médico, é preciso preencher um formulário com o modelo padrão TISS.
O padrão TISS foi criado para:

  • Regulamentar o controle administrativo;
  • Padronizar o envio de informações para os órgãos regulamentadores;
  • Subsidiar ações de avaliação e monitoramento das operadoras.

De acordo com a Resolução nº 305, as empresas da área da saúde devem registrar:

  • Acomodações utilizadas pelo paciente;
  • Equipamentos aplicados no atendimento;
  • Materiais e medicamentos;
  • Taxas;
  • Exames laboratoriais;
  • Honorários médicos;
  • Detalhamento de procedimentos.

Além de ser uma exigência de regulamentação para controle da saúde suplementar, o padrão TISS traz benefícios para a gestão da sua clínica. Então, os principais benefícios são:

  • Facilita a comunicação entre clínicas, operadoras de planos de saúde e ANS;
  • Reduz erros e fraudes, já que o processo é eletrônico;
  • Elimina a utilização de papel e o risco de vazamento de informações;
  • Mantém um registro preciso de todos os procedimentos.

Além desses benefícios, o módulo de Faturamento TISS facilita o preenchimento e emissão das guias de consulta, SP/SADT, internação e honorários médicos. Logo, o preenchimento incorreto ou equivocado destas guias, resulta em glosas médicas, que atrasam o pagamento de atendimentos prestados.

Como funciona a emissão de guias?

Quando um paciente que chega na clínica médica e utiliza convênio, a secretária deve preencher as informações do paciente e da consulta e, então, emitir a guia. Assim, para receber o pagamento pelas consultas, é preciso que a clínica encaminhe estas guias para as operadoras de convênio médico. Porém, como o preenchimento dessas guias normalmente é manual, sem um sistema adequado, podem ocorrer erros no preenchimento, causando as glosas administrativas.

Guias e glosas administrativas

Glosas médicas ocorrem com a negativa das operadoras de planos de saúde em efetuar o pagamento das consultas médicas, apontando equívocos nas informações emitidas pelas clínicas. As glosas administrativas são aquelas relacionadas com erros operacionais, que ocorrem, em geral, no momento da coleta de dados. Então, as operadoras podem indicar erros, como:

  • Ausência de informações sobre o paciente;
  • Erros de preenchimento da guia SP/SADT;
  • Utilização de tabelas desatualizadas.

Com o preenchimento manual das guias, as chances de ocorrer as glosas administrativas aumentam consideravelmente. Essas glosas ocorrem, principalmente, por erro de preenchimento ou ausência de informações. Para evitar esses erros, algumas clínicas adotam como processo a conferência manual de todas as guias. Dessa forma, algumas glosas são evitadas. Porém, é um trabalho manual suscetível a erros e com demanda de tempo de trabalho de sua equipe. Portanto, o preenchimento manual somado à conferência manual aumenta o tempo dedicado pelos faturistas. Logo, há um aumento de custos para a clínica.

Faturamento TISS: a solução da Amplimed

As glosas administrativas ocorrem principalmente por problemas no preenchimento de dados na guia. Por isso, além de sua equipe estar atenta, é preciso que você disponibilize as ferramentas necessárias para a execução efetiva. A praticidade da tecnologia também é aplicada a este procedimento.

Para isso, o sistema médico Amplimed, além de preencher todos os dados além de oferecer ferramentas que facilitam ou até preenchem varias informações automaticamente, acusa todos os erros possíveis de validação , quando algum campo está em branco, diminuindo assim as glosas administrativas. Todas as guias podem ser agrupadas em lotes e gerados seus XML. Então, em uma data pré-definida pela clínica, este arquivo é enviado ao convênio. Como até 98% das glosas administrativas serão evitadas, os pagamentos serão garantidos conforme acordo com os planos de saúde. Na devolutiva do convênio, é possível entender o que foi pago e o que foi glosado. Assim, você pode iniciar os procedimentos de correção e novo envio. Com o preenchimento automático e validações, o número de glosas terá diminuído.

Faturamento TISS: tecnologia soluciona glosas administrativas

Os usuários do software Amplimed para gestão de clínicas e consultórios conseguem visualizar todas suas faturas de convênios emitidas no mês. Também é possível acompanhar o status destas faturas. Dessa forma, os status cadastrados são os seguintes:

  • Aberta
  • Em faturamento
  • Fechada
  • Enviada
  • Glosas lançadas
  • Em recurso
  • Finalizada

É possível visualizar qualquer fatura já emitida no sistema, a partir da utilização dos filtros de operadora, período e status, facilitando assim a análise de resultados anteriores. Este recurso aumenta consideravelmente a produtividade na gestão financeira da clínica. Afinal quando faz-se necessário buscar informações sobre faturas anteriores imagine o tempo gasto para procurar em um arquivo de forma manual. Para isso, a solução do Faturamento TISS é um arquivo digital de fácil visualização trazendo praticidade para a gestão.

Este nível de controle otimiza o fluxo financeiro da clínica. É possível ter uma relação mais precisa de receitas recebidas e receitas a receber, oriundas das operadoras de convênios. Dependendo da sua estratégia de pagamento aos médicos da clínica, é possível associar os repasses à efetivação do pagamento. Assim, você pode fazer o repasse aos médicos quando as operadoras efetuarem o pagamento à clínica. É evidente que esta estratégia exige um bom planejamento para evitar atrasos. Por isso, o módulo de Faturamento TISS possibilita:

  • Preenchimento preciso das guias de Consulta, SP/SADT e de Honorários;
  • Geração de arquivos XML para integração;
  • Envio de faturas para operadoras de planos de saúde;
  • Acompanhamento do status das faturas;
  • Revisão de faturas glosadas.

Faturamento TISS e a eficiência da gestão financeira

Eleve o nível da gestão financeira da sua clínica e reduza o número de glosas com o Faturamento TISS. O Módulo Financeiro possibilita

  • Emissão de relatórios de contas a pagar e receber;
  • Avaliação de atendimentos por convênios;
  • Acompanhamento de rendimentos de consultas particulares;
  • Configuração de regras de repasse;
  • Emissão de Nota Fiscal;
  • Controle de estoque de suprimentos.

Com estes recursos do módulo de Faturamento TISS, você reduz as glosas médicas. Além disso, aprimora a gestão financeira da sua clínica médica. Uma melhor gestão financeira facilita a tomada de decisão para o planejamento estratégico da sua empresa.

Conclusão

A Amplimed sempre busca aprimorar os recursos de seu software de gestão para facilitar o dia a dia de médicos e gestores. O módulo Faturamento TISS tem como objetivo reduzir as glosas médicas e aprimorar sua gestão financeira. As glosas médicas ocorrem quando as operadoras de planos de saúde negam o pagamento de atendimentos prestados por clínicas e laboratórios. Assim, a demora no repasse destes valores compromete a gestão financeira da sua clínica e gera retrabalho para a equipe.

O módulo Faturamento TISS da Amplimed reduz as glosas médicas e facilita a gestão financeira da sua clínica médica. Esta é a praticidade que a tecnologia pode trazer para o dia a dia da sua empresa.

Agora, é com você!

Quer mais detalhes do sistema? Fale com um especialista!


 

 

Sobre o autor: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.