Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

Marketing Médico: 5 dicas de como começar a implementar na sua clínica

Tempo de leitura: 6 minutos

O marketing médico é uma estratégia na gestão da clínica que une o útil ao agradável. Além de fazer com que mais pessoas conheçam o seu negócio, ele também pode ser usado para fidelizar os seus pacientes.

Hoje em dia, a internet é o principal meio que utilizamos para procurar qualquer informação. Uma pesquisa feita pela We Are Social em 2018 mostrou que o Brasil é o segundo país que mais usa redes sociais no mundo. Imagine quantas oportunidades de negócio você não está perdendo por não marcar presença na internet?

Mesmo com esses dados, alguns proprietários de clínicas tem receio de começar as estratégias de marketing médico nas empresas, principalmente pelas normas estabelecidas pelo CFM (Conselho Federal de Medicina). Mas, sabendo exatamente quais são elas, é possível ter os melhores resultados para o seu negócio.

Para te ajudar a dar o pontapé inicial, separamos 5 dicas de como começar a implantar o marketing médico na sua clínica. Vamos lá!

Conheça seu público alvo

Por mais que você trabalhe na área da saúde e por isso paciente significa todas as pessoas que precisam de atendimento, o marketing médico precisa de uma segmentação de público para ser mais assertivo.

Para isso, preste atenção nas pessoas que você atende na clínica. Mesmo que você seja um clínico geral, avalie dados demográficos, comportamentos, hábitos e estilos de vida.

Fazendo isso, a sua estratégia de marketing médico será destinada a impactar esse público, gerando resultados melhores para o seu negócio.

Outro ponto importante é conhecer a jornada do seu paciente, ou seja, todo o caminho que ele percorreu desde que sentiu o primeiro sintoma, até sair da consulta na sua clínica.

Quando o marketing médico também é baseado nesse processo, fica mais fácil identificar em qual momento cada paciente está e se fazer presente na vida dele, mesmo que o paciente ainda não tenha visitado a sua clínica ainda.

Crie conteúdo relevante

Na área da saúde, um requisito que faz com que você ganhe ou perca pacientes é a confiança que eles têm na sua clínica e em você como profissional.

O marketing médico pode fazer com que as pessoas tenham mais confiança no seu atendimento e no seu negócio. Para isso, você pode usar plataformas, como o Blog e o YouTube para produzir conteúdo relevante sobre saúde.

Você pode publicar curiosidades, orientações e diversas dicas. Essa é uma ótima maneira de se manter sempre conectado com pessoas que buscam essas informações, e consequentemente, o seu tipo de serviço.

Atualmente, as pessoas têm procurado seus sintomas no Google antes de ir ao médico para tentar descobrir o que estão sentindo. Por isso, é tão importante que você produza esses conteúdos. Além de estar lá em um momento que elas precisam, você evita que fake news sejam espalhadas sobre o assunto e orienta sobre a importância de sempre procurar o atendimento médico e evitar a automedicação.

Logo, todas as suas postagens devem ter esse objetivo: educar e orientar as pessoas. Evite vender atendimentos ou marcar consultas online nos posts do Blog e vídeos do YouTube.

Uma informação importante é que em todos os conteúdos, você precisa colocar seu nome, especialidade, área principal de atuação. inscrição no conselho (CRM) e seus números de registro.

Assim, você estará dando veracidade e qualidade sobre o conteúdo que você está postando, além de passar segurança para as pessoas que estão consumindo o seu conteúdo.

Use o e-mail para estreitar o relacionamento com o paciente

Você deve estar se perguntando: as pessoas ainda usam o e-mail para isso? E a resposta é: com certeza, sim! Muita gente acredita que essa plataforma só serve para receber propagandas chatas em um momento que você não está interessado, mas a verdade é que na área da saúde, o e-mail pode e deve ser usado para divulgar informações importantes.

Pegar o e-mail das pessoas é bem simples. É só pedir no momento do cadastro do paciente ou ao baixar algum e-book ou material relevante.

Pronto! Usar essa estratégia de marketing médico vai fazer com que você consiga impactar seus leads no momento em que eles mais precisam.

Para os pacientes que já estão com você há algum tempo, você pode nutrir esse relacionamento com informações úteis de pré e pós consulta. Também é possível mandar lembretes de agendamentos, exames de rotina, orientações para tratar os sintomas que ele está sentindo, entre outras.

Isso vai fazer com que seus pacientes estejam sempre bem informados e com isso, tenham uma melhora mais rápida e saudável. Além de gerar qualidade de vida para os seus pacientes, você terá clientes fidelizados a sua clínica e ganhará mais pacientes com o marketing boca a boca.

Faça perfis nas redes sociais

Clínicas médicas podem e devem ter perfis nas redes sociais mais utilizadas por seus futuros e atuais pacientes. Basta apenas se preocupar com as regras impostas pelo CFM, que você vai conferir no próximo tópico.

Elas também servem como uma forma de estar mais próximo das pessoas e dar conteúdo relevante a elas.

Você também pode postar atualizações, novidades, congressos e eventos, enfim, tudo que for interessante para o seu público e que dê credibilidade ao seu negócio.

Saiba quais são as normas do CFM

Não adianta nada ter a melhor estratégia de marketing médico se ela não está de acordo com as normas estipuladas pelo CFM. Por isso, vamos te passar os erros que você não deve cometer em suas postagens.

Você já deve ter visto na internet o antes e depois de pessoas que passaram por algum procedimento, certo? Essa prática não é regulamentada pelo CFM. Isso quer dizer que, mesmo que você tenha a autorização de imagem do paciente, esse conteúdo não pode ser postado nas redes sociais.

Você só pode divulgar alguma especialidade sua se ela estiver registrada no CFM. Diferente disso, você não pode falar sobre ela nas redes sociais ou em portais, mesmo que você ofereça os serviços na sua clínica.

É proibido fazer a autopromoção com base nos equipamentos da clínica, demonstrando um atendimento superior com base na tecnologia e nos investimentos do seu negócio.

O mais importante de tudo no marketing médico é unir um bom planejamento com a ética profissional. Dessa forma, sua estratégia sempre estará correta e seus resultados serão sempre positivos!

Gostou do nosso conteúdo? Tão importante quanto uma boa estratégia de marketing médico, é saber como mensurar os resultados da sua clínica.

Se estiver precisando de uma ajuda com isso, conte com a Amplimed. Nosso sistema especializado em gestão médica te oferece relatórios gerenciais em tempo real que irão mostrar a situação do seu negócio. Assim, você irá tomar as decisões mais acertadas para a sua empresa.

Ficou interessado? Visite nosso site e teste o sistema grátis por 10 dias!

 

Sobre a autora: 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.