Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

Padrão TUSS: veja os benefícios que sua clínica pode obter agora!

Tempo de leitura: 8 minutos

A área da saúde possui inúmeras terminologias, codificações e procedimentos em seu rol de competências e atuações. O principal propósito da padronização do registro em termos específicos e técnicos é garantir uma comunicação de qualidade entre profissionais, pacientes e empresas prestadoras de serviços. Na relação entre planos de saúde e clínicas médicas, a falta de padronização nos documentos pode gerar problemas. Os principais são as glosas médicas, que podem prejudicar diretamente seu faturamento.

Para padronizar a nomenclatura dos procedimentos e criar uma codificação clínica comum, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) criou a Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS). O Padrão TUSS passou a ser obrigatório a  partir de 2010. A tabela TUSS padroniza os códigos e as nomenclaturas de todos os procedimentos médicos. Essa padronização está em consonância com o padrão de Troca de Informações na Saúde Suplementar (TISS), obrigatório nas trocas de informações de saúde por meios digitais.

Pensando na relevância do Padrão TUSS, preparamos este artigo, em que você vai conhecer:

  • Qual a importância do Padrão TUSS para sua clínica?
  • Diferenças entre Padrão TISS e Padrão TUSS.
  • Como atender a esses padrões com praticidade.

Qual a importância do Padrão TUSS?

O Padrão TUSS tem como objetivo padronizar códigos e nomenclaturas dos procedimentos médicos, considerando a 5ª edição da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM). Antes desta padronização, a troca de informações entre clínicas e hospitais com as operadoras de planos de saúde era imprecisa. A falta de codificação dos procedimentos gerava entraves, que resultavam em atrasos no repasse dos valores para as empresas prestadoras de serviços. 

Ficou claro, portanto, que o Padrão TUSS facilita a comunicação entre estabelecimentos de saúde. No entanto, as vantagens diretas de utilizar a tabela TUSS são ainda maiores. Veja abaixo alguns dos impactos positivos de implementar este padrão nos processos da sua clínica médica.

Redução de custos

 A padronização no preenchimento dos campos em documentos de saúde é uma excelente estratégia para redução de custos operacionais. Ao utilizar o Padrão TUSS, sua clínica garante que as informações prestadas serão aceitas pelas operadoras de planos de saúde e pelos órgãos fiscalizadores. Dessa forma, você evita retrabalho da equipe, em tarefas como correção de guias, justificativas, ligações ou cartas de cobrança.

Aprimoramento da comunicação interna e externa

 Padronizar a forma como sua clínica registra e envia informações aprimora também a comunicação interna da equipe. Afinal, tanto a equipe assistencial quanto o time administrativo devem manter as nomenclaturas e códigos conforme os padrões. Dessa forma, os ruídos na troca de informações são reduzidos.

Quando os profissionais utilizam a tabela TUSS para preenchimento das guias, as operadoras de plano de saúde recebem com clareza os dados do atendimento. A linguagem utiliza torna-se acessível a todas as partes e as dúvidas são eliminadas. Esse padrão antecipa possíveis glosas médicas, já que entrega todos os registros necessários para o faturamento do atendimento. Cabe à operadora apenas analisar as informações recebidas e proceder com o repasse. 

Simplificação de processos administrativos

 Em síntese, aqui vai uma dica rápida de gestão: padronizar é simplificar! A simplificação ocorre devido à diminuição da margem de dúvidas. Como as informações são repassadas com nomenclaturas padronizadas, sua equipe precisará preencher os dados do paciente apenas uma vez. A partir de um preenchimento único, sua clínica estará pronta para enviar informações do atendimento tanto para operadora quanto para a ANS.

Em caso de questionamentos sobre as informações prestadas, as soluções também serão simples. Afinal, as dúvidas serão direcionadas a campos específicos. Logo, quando necessárias, as correções serão feitas em poucos minutos.

Regularidade e adequação à legislação vigente

 A utilização do Padrão TUSS é obrigatória para os estabelecimentos de saúde. A regra foi instituída pela Resolução Normativa nº 190, de 2009. Os efeitos da RN 190 passaram a vigorar a partir de Outubro de 2010. O documento foi substituído pela RN nº 305/2012, que manteve a obrigatoriedade do Padrão TUSS.

As principais diretrizes da RN 305/2012 em relação ao Padrão TUSS são as seguintes:

  • Prestadores de serviço de saúde precisam utilizar a terminologia padrão de acordo com as normas técnicas da TUSS;
  • Compete à ANS a elaboração da tabela TUSS;
  • A inclusão de novos termos requer aprovação do Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPISS);
  • É facultado às operadoras criarem tabelas próprias para termos que não constem na tabela TUSS, mas devem submetê-las à análise por parte da ANS;

Por isso, é importante acompanhar as atualizações da tabela TUSS. Outro fator importante é que a não adesão ao Padrão TUSS implica em multa para o estabelecimento. 

Padrão TUSS versus Padrão TISS: quais as diferenças?

TISS é a sigla para Troca de Informações na Saúde Suplementar. Portanto, estabelece normas para a comunicação entre estabelecimentos de saúde. Por isso, há uma ligação direta entre o Padrão TISS e o Padrão TUSS. Na verdade, o segundo integra as exigências do primeiro. Ou seja, para estar adequado aos padrões de troca de informações é preciso utilizar a terminologia unificada para essas transmissões – o Padrão TUSS. Este padrão oferece um nível maior de confiabilidade aos dados, pois garante classificação e estrutura adequada aos procedimentos informados. 

O TUSS tem como função orientar o preenchimento das guias médicas. Assim, utilizando os termos corretos, a comunicação entre prestadores de serviços e operadores de planos de saúde é facilitada. Assim, a cobrança dos exames e das consultas será feita com rapidez e praticidade. Utilizando os padrões TISS e TUSS, as empresas de saúde têm maior controle sobre os serviços realizados por convênio médico, o que reduz significativamente as glosas médicas. Além disso, há melhora na relação entre clínicas e operadoras. Dessa forma, as clínicas podem aproveitar, com maior tranquilidade, as vantagens estratégicas de atender convênios médicos. 


 

Para utilizar TISS e TUSS com praticidade, é essencial utilizar um software médico com módulo de Faturamento TISS. Lembre-se de que a tabela TUSS está integrada nas especificações do Padrão TISS. Por isso, este módulo padronizado de faturamento facilita a comunicação entre sua clínica e as operadoras de planos de saúde. O módulo de Faturamento TISS também aumenta a produtividade da sua equipe. Isso ocorre, principalmente, se este módulo estiver integrado em um sistema que ofereça também:

Conclusão

Para você compreender a importância do Padrão TUSS e a praticidade do Faturamento TISS, vamos ilustrar com um exemplo. Imagine um atendimento em sua clínica com os recursos de quem está com olhos na transformação tecnológica. Vamos ao exemplo!

Seu paciente pesquisa no Google por “atendimento médico na minha cidade”. Sua clínica aparece entre as primeiras opções devido às suas estratégias de marketing médico. Então, ao invés de fazer uma ligação, o paciente encontra a possibilidade de agendamento online. No dia anterior à consulta, o paciente recebe um lembrete automático para não esquecer o horário do atendimento. 

O paciente chega à sua clínica e encontra um acolhimento solícito e atencioso de sua secretária. Durante o atendimento, você abre o prontuário eletrônico, que já apresenta as informações pessoais preenchidas pelo paciente durante o agendamento. No final do atendimento, você elabora uma prescrição digital e imprime a pedido do paciente. 

Ao chegar em casa, o paciente recebe um formulário de pesquisa de satisfação e pode demonstrar todas suas impressões sobre a consulta. Sua equipe pode, então, acessar o módulo de Faturamento TISS para preencher e enviar as informações de cobrança à operadora de plano de saúde em poucos cliques.

Com todos estes recursos em um único software de gestão para clínicas médicas, você aumentará a satisfação dos pacientes, a produtividade da sua equipe e, ainda, vai melhorar a relação com os planos de saúde. 

 

Quer essa praticidade para a sua clínica? Faça um teste grátis.

Iniciar teste gratuito

 

Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.