Assine a newsletter
e receba nossos
conteúdos.

Assine a newsletter

Abrir a clínica médica usando sistema de gestão faz diferença?

Tempo de leitura: 6 minutos

Depois de tanto estudar e explorar a medicina, talvez você tenha descoberto uma vontade de abrir o seu próprio consultório ou já até esteja colocando esse plano em ação. Em todos esses cenários, uma coisa é certa: a tecnologia pode jogar no mesmo time que você! Mas você sabe como?

Abrir a clínica médica usando um sistema de gestão é uma escolha que você pode fazer para facilitar processos simples e comuns do seu dia a dia no consultório. Ao prezar por mais leveza e fluidez nessas execuções, você poupa recursos como tempo, energia e dinheiro.

Esse texto vai te mostrar o que é, quais as principais funcionalidades e como escolher o melhor software para sua clínica.

O que é sistema de gestão médica?

Sistemas de gestão são programas ou aplicativos que ajudam nas rotinas das empresas de forma inteligente a fim de automatizar uma grande quantidade de processos.

Decidir por abrir a clínica médica usando um sistema de gestão pode te ajudar a alcançar metas por meio da organização, análise e controle de situações diárias.

Essas ferramentas digitais atuam em duas frentes: no bem-estar e melhor atendimento aos pacientes e na simplificação de rotinas do seu estabelecimento. É a tecnologia que permite iniciar uma clínica com mais facilidade e expandir a atuação ao longo dos anos mantendo ou elevando a qualidade dos atendimentos e das experiências que os pacientes terão.

Quais são os benefícios de abrir a clínica médica usando sistema de gestão?

Muito se fala em tecnologia nos dias de hoje porque, entre outras funções, ela vem para facilitar o cotidiano. É o sistema de gestão de clínica médica que vai possibilitar classificar o seu estabelecimento como digital ou não e, consequentemente, tornar seus dias mais dinâmicos ou mais empacados.

Abrir a clínica médica usando sistema de gestão traz resultados mais intensos e significativos porque você já vai começar nesse formato de trabalho, ou seja, não será necessário fazer adaptações ou transições. Os principais benefícios em ter um sistema a sua disposição são:

 

  • Aumento de produtividade, uma vez que algumas tarefas serão robotizadas;
  • Controle de recursos por meio de relatórios e análises feitas pelo sistema;
  • Segurança nas informações, já que os softwares tendem a estar regulares a novas legislações que fazem parte do Marco Civil da Internet;
  • Atendimento em alto nível, porque as facilidades do mundo digital vão estar à disposição dos seus pacientes e servirão para marcações, ter acesso a consultas, resultados de exames e pagamentos.

Como escolher um sistema de gestão?

Existem alguns fatores que são importantes de observar antes de escolher qual sistema você vai utilizar. Imagina contratar um serviço e não ser atendido em todas as suas necessidades? Esse é o caminho para uma facilidade se tornar dor de cabeça. Por isso, tente verificar se o sistema abriga ferramentas como:

1 – Agendamento Online

A opinião que o paciente vai desenvolver sobre os seus trabalhos começa a ser formada antes mesmo da primeira consulta. É na marcação de horário que tudo inicia. O ditado já dizia que a primeira impressão é a que fica. Por isso, escolha um serviço prático e que possa oferecer comodidade para quem vai utilizar. O agendamento online permite marcação a qualquer horário e em qualquer lugar e já recolhe as informações necessárias do paciente. Isso auxilia na automatização de processos, evita marcações erradas ou simultâneas. 

2 – Plataforma de telemedicina

Abrir a clínica médica usando sistema de gestão é também dizer que você vai começar o seu negócio da maneira mais atual possível. A telemedicina já existia antes de 2020, mas foi intensificada e regulamentada no início da pandemia da covid-19. Como abrir as portas sem essa opção aos seus pacientes? Mais do que estar atento às novas necessidades, ter uma plataforma de telemedicina também te permite ampliar o faturamento ao atender pessoas de outras regiões e simplifica as consultas de retorno.

3 – Módulos administrativos

Melhorar a experiência do seu paciente já é um forte motivo para abrir a clínica médica usando sistema de gestão. Mas os recursos também precisam auxiliar o seu dia a dia enquanto gestor de clínicas.

Você vai precisar ter um intenso controle do que entra e sai do consultório. Dados de proventos e despesas precisam estar na ponta da língua e prontos para serem apresentados e analisados sempre que for preciso. Planilhas comuns até podem ajudar nesse momento, mas acabam não sendo tão seguras e práticas quanto um sistema.

Por meio de módulos financeiros você consegue cadastrar e classificar despesas em poucos passos, tem acesso a relatórios e previsões de faturamento. É nele que você vai conseguir gerar boletos para pagamentos de consultas. Se você atender pelo convênio, precisa ficar atento para preenchimento e emissão de guias, internações e gastos médicos por meio do documento de Padrão para Troca de Informação de Saúde Suplementar, o TISS, já com área destinada em um sistema de gestão médica.

Ter uma parte do software destinado ao controle de estoque também pode ser muito útil no dia a dia. Em um só lugar você pode visualizar diretamente quais produtos estão faltando ou que vão precisar ser repostos em um curto espaço de tempo. 

4 – Prontuário Eletrônico

Quanto de espaço físico você poderia reduzir ao abrir mão de pilhas de pastas com documentação e exames de pacientes que você atende? A metragem do local que você vai escolher para abrir a clínica pode interferir diretamente no seu bolso. O fator segurança também se destaca nesse momento.

A Lei Geral de Proteção de dados já está em vigor no Brasil para todas as áreas profissionais. A LGPD na saúde se torna ainda mais delicada, já que exige cuidados com as informações de quem você atende, desde as mais simples como nome e endereço, até as mais complexas como resultados de exames. Por isso tenha certeza que você vai utilizar um prontuário dentro das normas legais. O prontuário eletrônico da Amplimed, por exemplo, além de reduzir arquivos e estar adequado à LGPD, também oferece mais organização ao separar as especialidades em módulos, facilitando o acesso e a compreensão do quadro global do paciente. 

Não é só nesse setor de prontuários que o software da Amplimed disponibiliza recursos complementares a fim de facilitar sua jornada na abertura de uma clínica. Ele se destaca no mercado porque atende as demais necessidades exigidas pelas novas legislações, tem certificação reconhecida pelo ICP-Brasil, automatiza processos e personaliza o sistema de acordo com o seu próprio fluxo de trabalho e dinâmica do time que você vai coordenar.

Para abrir a clínica médica usando sistema de gestão e iniciar essa nova etapa da sua carreira totalmente adaptado no digital, preencha os dados do formulário abaixo e clique no botão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.